sábado, 5 de maio de 2012

Voltei!


Então,  fui alí mas já voltei.
Foram 15 dias longe de tudo o que faço todos os dias.
Férias de verdade! :D  Uma viagem em moto, fazendo a volta ao Uruguai. Revendo lugares, conhecendo novos, descobrindo novos sabores e pessoas e revendo meus queridos do lado de lá. 
Se quiser saber mais é só entrar aqui onde contamos tudo (ou quase tudo).

Mas mesmo longe da rotina, o vicio pelos paninhos não nos abandona, e tudo o que é visto e sentido são inspirações para projetos novos, e novas ideias.
Procurei nos lugares por onde passei, lojas com produtos e materiais para patchwork, e acreditem, não há.



O Uruguay ainda não sabe o que é Patchwork, tecidos então, nem se fala, nas lojas tinha que pedir tecidos para camisaria ou "popelina" que é como se conhece o tricoline por lá, mas longe de encontrar algo bonito.
Quando falava em Patchwork as vendedoras me olhavam imaginando que coisa estranha eu estaria dizendo.
Mas mesmo assim, explicando sobre tecidos planos, estampas, 100% algodão, muitos sorrisos e muita paciência, alguma coisa sempre se acha.
Mas aviamentos, sim, isso é fácil, rendas, botões, fitas, o que imaginar, num cantinho minúsculo, pode se encontrar o paraíso!
Comprei uns retalhinhos, umas rendinhas e botões, como lembrança da minha estadia lá, e fico feliz em saber que estamos muito bem servidas aqui no Brasil com materiais variados e de qualidade.


Em Gramado a historia é outra, esperava encontrar eu o mundo do Patchwork por lá, mas acho que esse mundo só se faz presente no período do festival. Encontrei a loja Caleidoscópio, que estava fechada, e a Fio de Linha, onde conheci a Carmem, e conversamos muito sobre o Patchwork do Brasil e do Uruguay.
Carmem organiza os festivais de Patchwork em Gramado, e este ano será o décimo quinto, ela me contou algumas coisas que vão acontecer por lá.
Gramado continua sendo uma cidade encantadora.
Claro que também visitei fábricas de chocolates...rsrs  impossível não entrar em uma delas.

Assim que cheguei em casa, fiz um arranjo com corações, costurados na técnica "trança caipira" e inspirada nas cores de outono que me acompanharam nesta viagem. Deixei enfeitando a porta do meu quarto.


Este vaso lindamente decorado, é o presente de "boas vindas" que meus filhos fizeram para mim. As sementes germinadas de Girasol mais lindas do mundo! 

 

Até breve!



8 comentários:

COLHENDO FLORES ENTRE ESPINHOS disse...

Que lindas imagens!!!
tenha uma noite deliciosa
bjs
juliana

Luzes de Fadas disse...

Que graça o mimo que as crianças fizeram!
bjs

Stella Hoff disse...

que bom que voltou!
E que bom que as férias foram boas!!!
Uhuuuuuulllllllll, fiquei com saudade!!!
bjs

Vanessa Maurer disse...

Muitas histórias para contar... marcamos um café? Saudades, beijocas

Mi disse...

Seja bem vinda minha flor

CARRETEL E AGULHA disse...

Tudo lindo onde você estava.
Fui acompanhando você nesta delícia de viagem, no face.
É maravilhoso cultivar novas e rever antigas amizades.
Das poucas vezes que fui para Gramado, sempre volto de lá com muita inspiração.
Adoro desfrutar as delícias de lá e região. Uruguai ainda não conheço.
Seja bem vinda, e use a sua inspiração nos suas novas costurinhas. Adorei os seus corações. Lindo!
E que graça as mudinhas de girações. Que fofos os seus filhos.
Ufa! Acho que escrevi o bastante.
Até a próxima! bjs... Mariane.

Gabriela disse...

Amei o post sobre a viagem! Quando eu viajo também procuro lojas de tecidos, aviamentos, costura, é um vício saudável! Abraço!

Monica Nehr disse...

lindas fotos da viagem ao meu país, e sim tem patchwork no uruguay e de montão, ate nas datas que vc estava la teve un encontro nacional em montevideu de patchwork, na proxima viagem me escreve e te dou dicas - un abrazo